Marketing viral: saiba como investir neste tipo de estratégia

Marketing viral: saiba como investir neste tipo de estratégia

É muito comum hoje em dia ouvir falar de algum vídeo que “viralizou” na internet. De tempos em tempos, surge algum que se destaca na  web e cai no gosto do público. Pode parecer obra do acaso — e às vezes é! —, mas muitas vezes, por trás de um vídeo assim, há toda uma estratégia de marketing pensada para impactar o público e gerar visibilidade para a marca.

É o chamado marketing viral, que consiste em criar nas pessoas um interesse que as estimule a compartilhar determinado conteúdo, seja pela graça, por ser interessante, polêmico ou emocionante. Saiba mais sobre essa estratégia de marketing no post de hoje:

Os vídeos no marketing viral

O marketing viral está ligado ao marketing boca a boca, que é algo que já existia mesmo antes da internet estar tão presente no cotidiano do consumidor. Com a popularização da rede, porém, isso se tornou ainda mais fácil. E no marketing viral os vídeos têm grande destaque, pois são uma linguagem que tem um apelo ainda maior do que os textos.

Existem muitos vídeos virais que são obra do acaso. É muito comum que vídeos feitos de forma amadora e que não estejam relacionados a nenhuma estratégia caiam nas graças do povo. No caso do marketing viral, a coisa é bem diferente. Todos se lembram dos “Pôneis Malditos”, da Nissan, um dos casos mais conhecidos de marketing viral. É claro que a marca precisou contar com alguns fatores difíceis de controlar, como o gosto do público, mas pode ter certeza que existiu um grande plano de comunicação por trás para tentar direcionar a campanha e garantir o máximo de chances de sucesso.

Algumas dicas para fazer de um vídeo viral um sucesso

Conhecer o público-alvo é essencial. É importante estabelecer quem são as personas que se quer atingir e definir que tipo de estratégia terá um maior apelo junto a elas. Qual é a faixa etária do seu público? Qual é seu poder aquisitivo? Vão gostar mais de um vídeo com apelo emocional, cômico ou educativo? As respostas para esses questionamentos serão importantíssimas para nortear a campanha.

Integrar redes sociais é outra boa estratégia. Plataformas como YouTube ou Vimeo são ótimas para a publicação dos vídeos, mas sua empresa não pode deixar de lado as campanhas no Facebook, no Twitter, no Instagram e nas demais redes que possuir. As chances de o público ficar sabendo sobre a estratégia são bem maiores dessa forma. Mas cuidado! Lembre-se que o objetivo de uma campanha desse tipo é criar no público a vontade de espalhar o conteúdo por conta própria, ou seja, não exagere para não parecer spam. Isso pode ter o efeito oposto do que se quer atingir.

Usar personalidades conhecidas, já com muitos seguidores, é outra boa dica. Aliar uma tendência que já esta bastante disseminada, que é a dos YouTubers, a uma campanha de marketing pode ser uma ótima pedida. É importante selecionar personalidades que tenham a ver com o produto e tenham um público semelhante ao que se quer atingir.

Estabelecer objetivos claros é essencial no marketing viral

Assim como uma campanha de marketing tradicional ou as demais campanhas online, é preciso saber com clareza que objetivo se quer atingir com a campanha viral — se são vendas, acessos a uma página, divulgação de um evento etc. Isso permitirá avaliar os resultados alcançados e gerar conhecimentos que serão essenciais para tornar as próximas campanhas ainda mais eficientes.

E ai, gostou desse post sobre o marketing viral? Conte-nos aqui nos comentários o que você pensa sobre esse assunto! Continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro das principais tendências do marketing digital!

 

 

Share Button

Deixe um Comentário

Comentário

Artigos Relacionados